quinta-feira, 2 de julho de 2009

O ferro na gestação e lactação



Durante a gestação se faz necessário uma quantidade extra de ferro ara o desenvolvimento do feto, da placenta e para a extensão da massa de células vermelhas. Em gestações normais essas necessidades podem ser atingidas pela redução das perdas, cessação da menstruação, pelo aumento da absorção intestinal de ferro e mobilização dos depósitos de ferro materno, não precisando potanto, de ingestão extra de ferro. A maioria das mulheres, tem uma baixa ingestão/depósitos inadequados de ferro quando iniciam a gestação. A anemia ferropriva pode prejudicar o crescimento do feto e aumentar o risco de baixo peso ao nascimento e parto prematuro.
É aconselhado a suplementação de ferro nos seguintes grupos de gestantes: níveis de hemoglobina menor que 12g/dL na fase inicial da gestação, história prévia de anemia, grande multípara, gestações multiplas, história de menstruação abundate, ingestão crônica baixa de ferro, fatores clínicos afetando a absorção de ferro.
No leite materno a concentração de ferro é de 0,2 a 0,9 mg/L, circulando junto com a proteína lactoferrina, que é sintetizada pelas células alveolares mamárias. A quantidade de ferro secretada no leite materno é de 50mg. Reconda-se às lactantes que façam a ingestão entre 14 e 28 mg de ferro, dependendo da dieta.

Bibliografia: Tirapegui, Julio- Nutrição Fundamentos e Aspectos Atuais.
Postado por: Patrícia e Renata

Um comentário:

  1. Olá blogueiro,

    Dê ao seu filho o que há de melhor. Amamente!

    Quando uma mulher fica grávida, ela e todos que estão à sua volta devem se preparar pra oferecer o que há de melhor para o bebê: o leite materno.

    O leite materno é o único alimento que o bebê precisa, até os seis meses. Só depois se deve começar a variar a alimentação.

    A amamentação pode durar até os dois anos ou mais.



    Caso se interesse na divulgação de materiais e informações sobre esse tema, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br

    Obrigado pela colaboração!

    Ministério da Saúde

    ResponderExcluir